segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Cinema em Pauta: A Garota no Trem

Cena do filme A Garota no Trem
Se você gosta de filmes que saem do óbvio, regados de suspense com uma narrativa psicológica de personagens complexo, este caro leitor é um thriller imprevisível do começo ao fim.

Graças ao sucesso do filme de David Fincher A Garota Exemplar (2014) foi o que começou a chamar a atenção de roteiristas e produtores a (re)criar novos filmes do gênero suspense que até então eram ignorados pelo grande público por não serem bem executados.

Baseado no livro de Paula Hawkins A Garota no Trem mostra três pontos distintos de mulheres com algo em comum. A principal delas é Rachel (Emily Blunt) uma alcoólatra que se entrega ao vicio devido seu término de casamento e por essa razão ela vai de trem todos os dias até Nova Iorque e no seu caminho passa em frente à casa de um casal que ela julga ser ‘a vida perfeita’ num relacionamento.

Megan (Haley Bennett) é uma babá infeliz do filho da atual esposa do ex-marido de Rachel, Anna (Rebeca Ferguson). O plano se modifica e a trama se volta a Megan em suas sessões de terapia e a partir daí o suspense começa a ser costurado com flashbacks para contar os passos das protagonistas e de forma a unir em um suspense angustiante.

A Garota no Trem é daqueles filmes que nos dão pistas óbvias para nos perder com o raciocínio lógico e se revelando no desdobrar dos fatos uma reviravolta totalmente diferente que imaginávamos.

RECOMENDO!
A Garota no Trem. The Girl on the Train. EUA, 16. 112 min. Direção de Tate Taylor. Com Emily Blunt, Haley Bennett, Rebecca Ferguson, Luke Evans, Justin Theroux, Allison Jenney, Edgar Ramirez, Lisa Kudrow, Laura Prepon. Baseado em livro de Paula Hawkins adaptado por Erin Cressida Wilson.

Postagem em destaque

Conferência Municipal de Saúde movimenta Conselho de Saúde

A comunidade de Ponta Grossa será palco de um dos maiores eventos realizados pelo Conselho Municipal de Saúde.

Postagens mais visitadas da semana