quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Noites da Princesa

Temos os dias cheios: trabalho que nos aperta o pescoço, estresses que não podemos evitar, preocupações que parecem sair de qualquer buraco no chão. Eis um dia-a-dia que a nossa população se obriga a se acostumar.

Certas fugas são necessárias, fugir da rotina que nos pisa no calcanhar. As noites são propícias a isso. 

Andar pelas calçadas, ver as vitrines das lojas fechadas, aproveitar o odor da noite. Embora por esses últimos dias, a chuva vem acompanhar sem a nossa vontade, isso não é problema, para quem realmente precisar se desvencilhar das algemas. 

Sair, tomar uma cerveja em algum barzinho do centro da cidade, perceber que o dia-a-dia tem mais a nos oferecer. E essas coisas, se escondem na nossa noite da princesa. A nossa liberdade brilha na escuridão.

Crônica enviada por Adonis Ribaski
*As opiniões e declarações expressas aqui não representam a posição do Jornal Ponta Grossa. Reservando apenas a opinião e pontos de vistas individuais do autor.

Postagem em destaque

Conferência Municipal de Saúde movimenta Conselho de Saúde

A comunidade de Ponta Grossa será palco de um dos maiores eventos realizados pelo Conselho Municipal de Saúde.

Postagens mais visitadas da semana