domingo, 4 de março de 2018

Olhos Amordaçados

Não precisa reparar muito para perceber, o quanto andamos cegos por aí. É tanta coisa fechando os olhos da população: contas para pagar, relacionamentos, ansiedades, depressões, rotina. Tudo isso nos faz parecer robôs, andando pra lá e para cá, sem olhar nas coisas que fazem sentido para a nossa vida.

Nossos tempos de folga são gastos com coisas supérfluas, que não somam de fato em nada, muito menos na nossa paz de espírito. A natureza que nos cerca perde o seu verde, o canto do pássaro e desafinado, o vento limpo nos faz tossir.

Há nesse mundo tanto remédio para tais males, remédio de árvore, remédio de abraço, remédio de uma sombra fresca. Tão comum de achar, mas que está tão incomum de se procurar.

Então, dê férias para o seu espírito, veja as riquezas que existem na nossa Princesa. Há tanto tesouro a ser explorado.

Crônica enviada por Adonis Ribaski
*As opiniões e declarações expressas aqui não representam a posição do Jornal Ponta Grossa. Reservando apenas a opinião e pontos de vistas individuais do autor.

Postagem em destaque

Conferência Municipal de Saúde movimenta Conselho de Saúde

A comunidade de Ponta Grossa será palco de um dos maiores eventos realizados pelo Conselho Municipal de Saúde.

Postagens mais visitadas da semana